quinta-feira, 30 de abril de 2009

Nossos filhos crescem rápido

video

Como nossos bebês crescem rápido que nem percebemos, nesse vídeo dá para ver como Gatta era pequena, Mel escondia ela completamente, hoje Gatta é uma gatona enorme, maior que Mel, como cresceu que eu nem percebi?

A gatinha Maysa está bem, já está comendo e até subiu na cama da dona nova e dormiu a noite toda coladinha com ela, assim não tem quem resista não é?

De ontem pra hoje mais uma vez tive a confirmação de como nós seres humanos somos bestas, uma moça procurando um filhote pra adotar, mas tem que ser branco, olho azul e macho, temos uma linda assim, mas é femêa ai ela acha que vai amar menos, mas com tanta exigência é melhor nem ter animal algum, ontem ainda uma amiga mandou a foto de 2 gatinhos filhotes lindos resgatados, mais uma femêa branca e um macho amarelo lindo, outra adotante também querendo um branco, também não serve, tem que ser macho, pra que isso, amor escolhe cor, sexo? E quando tiverem filhos, vão escolher a quem amar? Não entendo amor dessa forma não, pra mim deveria ser mais simples. Assim amanhã terei mais um filhote aqui em casa, o amarelinho vai vir pra cá, espero que Mel fique bem, não entre em paranóia de novo, ainda mais que ela tá no cio e pobre de Gatta que sofre, ela fica o tempo todo querendo subir em Gatta, ahahahaha, tadinha, por isso meus amigos dizem que Mel é lésbica, que maldade com minha princesa.

Beijos e bom feriado!!

domingo, 26 de abril de 2009

Salvamento e adoção


Ontem eu salvei uma lagartixa, ela desavisadamente entrou na sala e ai já sabem o resto da história, Gatta pegou a coisinha na boca e saiu feito um raio e eu atrás dela feito uma doida mandando soltar, até que cosnegui que ela soltasse a coisa gosmenta, mas o ápice foi que tive que pegar na mão, argh na mão, pra poder largar a gosma em segurança, ai que agonia, mas salvei a bichinha, ainda bem que não sou fresca.


Há um tempo atrás eu fui em minha antiga faculdade e vi uma gata linda, dócil no pátio do prédio, os guardas disseram que ela já tinha sido castrada e que o pessoal da faculdade mandou dar um jeito nela, todos sabem o que significa isso, me prontifiquei a achar adotante, tirei fotos e divulguei, semana passada apareceu uma pessoa interessada em Maisa, ela tem enormes e lindos olhos verdes, pois bem, sexta a dita pessoa veio pegá-la, Maisa já é adulta, viveu toda sua vidinha ao ar livre, correndo, pulando, caçando rolinha, ela ficou aqui em casa dois dias, super carinhosa, nossa um encanto, a casal ficou encantado com ela, acharam linda e coisa e tal, ontem a noite pelo msn perguntei como ela tava, ai meu sais gente é uma coisa mesmo, a pessoa em questão disse que ai não tenho boas notícias, já gelei, perguntei o que era, ela disse, ela tá estranha, não quis comer, não fica no colo e não vem quando eu chamo, hellouuuuuuu, quer que ela crie confiança em uma noite e saiba que tem um nome, assim como mágica? Expliquei que ela tinha que ter paciência, que era assim mesmo que a gatinha precisava confiar nela, sentir segurança no ambiente, que ela tava estressada pela mundança, que o ser humano pensante deveria ter paciência, amor e dedicação que tudo se resolveria com o tempo, como eu já havia dito antes inúmeras vezes.
Agora alguém mais inteligente que eu me explique que eu não entendo, como que uma pessoa adota um animal e quer que ele se adapte assim em questão de horas, será que ela se adaptada à mudanças com a mesma rapidez que está exigindo de Maisa?

Tomara que dê tudo certo, até amanhã quando conseguir falar com ela de novo fico com o coração na mão.

E além disso, na mesma faculdade dentro de um dos prédios fechados mais uma gatinha com cria, 2 da primeia ninhada, já grandes e maravilhosos de lindos e mais 5 da ninhada nova, ontem coloquei um saco inteiro de ração pra eles e amanhã vou ver como faço pra entrar nesse prédio pra ver a situação desses filhotes e dessa mamãe que vi pela fresta da grade, não tem como virar as costa não é mesmo?

Sobre o post anterior, Lya se comunica sim, quando faltam 2h pra hora da ração ela já fica me olhando feito estátua, que é pra eu não esquecer da ração dela, ela é bem eficiente em meios de comunicação, quando do interesse dela, óbvio, gata autista mas muito safada!!!

Beijos e boa semana!

terça-feira, 21 de abril de 2009

video

Lya mora em baixo da mesa da sala, só sai de lá para comer e usar a caixa de areia ou o jormal que fica em baixo da caixa, às vezes sai também pra comer a areia, ela é meio doida mesmo, mas a amamos assim mesmo.
Hoje ela resolveu dar uma brincada com Teddy, até gravei pra mostrar esse momento raro, deve ser por causa da chuva, deve ter molhado alguma coisa dentro da cabeça da doidinha e ela lembrou que era era um felino. Fico pensando será que ela é feliz, vive tão alheia a nós, será que sabe que a amamos, será que ela gosta de nós ou apenas aceita o pouco convívio?
Tenho três amimais da mesma espécie e tão diferentes entre si, coisa impressionante a personalidade, uma prova de que isso não é apenas de nós humanos, será que mais alguém tem uma gata autista?

Finalmente as chuvas chegaram, já usei calça e sapato fechado, olha que luxo, ehehe.
Agora da pra ficar mais parecida com gente, usando roupinhas mais arrumadinhas, no shopping até casaco dá pra usar, acreditam nisso?
Gatta passa dormindo na cama, essa sabe bem como curtir um dia de chuva.
Beijos e bom restinho de semana!

sábado, 11 de abril de 2009

A LIsta

Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos atrás
Quantos você ainda vê todo dia
Quantos você já não encontra mais...
Faça uma lista dos sonhos que tinha
Quantos você desistiu de sonhar!
Quantos amores jurados pra sempre
Quantos você conseguiu preservar...
Onde você ainda se reconhece
Na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria
Quantos amigos você jogou fora?
Quantos mistérios que você sondava
Quantos você conseguiu entender?
Quantos segredos que você guardava
Hoje são bobos ninguém quer saber?
Quantas mentiras você condenava?
Quantas você teve que cometer?
Quantos defeitos sanados com o tempo
Eram o melhor que havia em você?
Quantas canções que você não cantava
Hoje assobia pra sobreviver?
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você?
Que a música do Oswaldo Montenegro nos faça lembrar de nossas Páscoas passadas, de tudo que acreditávamos e que perdemos ou deixamos de acreditar no decorrer de nossa jornada.
Beijos e boa Páscoa!

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Recadinhos



A Lili está promovendo a escolha do gato da Páscoa, vocês já votaram? è difícil escolher um gatinho, todos são lindos e merecedores, eu vou abrir meu voto, votei na Teca, defendendo as meninas, tá na hora de uma gata da Páscoa vocês não acham? Ela é linda e vai dar uma gatinha de Páscoa maravilhosa.
A Nice me presentou com o selinho delicioso, adorei, mas quem certamente gostaria de comer esse selinho é a trupe aqui de casa, incluindo Mel nessa, porque aquela ali tudo que gato come ela manda pra dentro e adora.

Final de semana fomos para Aracaju, tava uma delícia, adoro ficar em hotel, queria ser igual aquela menina da novela que acabou de reprisar na globo e morar em um, amo o café da manhã, ver gente nova sempre, ai um clima maravilhoso.
As crianças ficaram em casa, bem comportadas, uma amiga veio sábado de noite por a comida deles e deixar o alimentador automático com ração pro domingo, ela me ligou apavorada pois Mel tava comendo a ração dos gatos, ahaha e os gatos a dela, tudo doido nessa casa eu disse pra ela, pode relaxar, eles se entendem.
Teddy pra variar fez a maior bagunça na areia, tinha areia espalhada por tudo, ele adora fazer bagunça na liteira, é um safado meu negão.

Vou lá assistir House, que eu baixei todas as temporadas e to num intensivão pra ver tudo, acho ele lindo e sexy.
Beijos e boa semana!

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Mel


Eu já contei aqui que Mel é racista? Pois é, quase morro de vergonha com isso, não sei o que passa na cabeça dessa doida, definitivamente não é exemplo de casa, deve ser mesmo geração espontânea, primeiro pensamos que era apenas com a cor preta, com as roupas dos entregadores de comida em dia de chuva, depois com a faxineira quando usava roupa preta, só que ela era negra, mas até então eu não queria acreditar nisso, depois quando minha irmã veio pra cá com o marido ai sim se confirmou, gente eu não sabia onde enfiar a cara, ela latia o tempo todo pra meu cunhado nós já não sabiamos mais que história inventar de tanta vergonha que tinhamos e a confirmação mesmo veio no dia que troquei de empregada e uma moça branca veio aqui em casa para conversarmos, povo do céu, ela só faltou pular no colo da moça, morreu de amores ali de primeira, cada vez que vem alguém fazer algum serviço é a mesma coisa, será que alguém vai me processar ao ler isso? Não descobri ainda se ela não gosta de Teddy por causa da cor dele ou por ser macho, aposto na cor. Eu juro que não ensinamos isso, sempre brigamos, mas não adianta é dela, mas tem uma coisa, se ela convive mais tempo com a pessoa ela para de latir, acostuma e faz festa, na verdade ela é uma falsa mesmo, uma cachorra sem vergonha que não vale a areia que os irmãos fazem xixi, nós a amamos assim mesmo, mesmo com esse pequeno defeito de fabricação.
Ontem de madrugada acordamos aqui em Salvador com um cheiro, fedor mesmo, horroroso, era quase impossível de respirar, garganta arranhando, horrivel mesmo, hoje está nos jornais que foi uma inversão térmica que trouxe os gases de volta pra terra, muito calor e falta de chuva, aliado aos desastres que o homem causa à natureza, resultado, todo mundo falando, mas fazer alguma coisa de útil ninguém quer, sair de sua zona de conforto isso é complicado, agora de tarde fomos à praia, quanta sacola plástica na areia, hoje não vi, mas aos finais de semana sempre é possível ver fraldas largadas ali na beira da praia, essas pessoas pensam o que da vida? Não pensam né, acho tão engraçado, eu não quero filhos mas me preocupo com o planeta que vou deixar pros filhos desse povinho chulé que não tá nem ai, que raiva que me dá dessa falta de consciência.
Mas na verdade as pessoas perderam toda e qualquer noção de coletividade, de sociedade, vemos isso nas coisas mais elementares e simples, aqui na minha rua tem uma escola, pra séries iniciais, vai até a 4º série ou a nova designação que tiver agora, pois os exemplos que vejo são os melhores, os pais simplesmente param o trânsito todo pra deixarem suas jóias mais preciosas no meio da rua, não são capazes de estacionarem, nem que fosse pela segurança da prole, mas não, param no meio da rua, o resto da população que se exploda, esse é o exemplo que dão, por isso o estado de calamidade que vivemos, cada um faz o seu e que se dane o resto, só importa o meu bem estar. Olha tô esperando ansiosa a nave mãe vir me pegar, pois ando sem paciência alguma com essa gente sem noção de nada da vida.
Obrigada pelos recadinhos carinhosos no dia que disse que não tava bem, existem coisas que eu preciso mudar em mim mesma, mas não consigo sair de minah zona de conforto, preciso mudar pra melhora, mas como é difícl né?
Beijos e mais uma vez obrigada!