segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

O caráter ou a falta deste

Eu comentei aqui que sou a síndica do prédio não é? Pois bem, sábado à noite saimos para passear com Mel e quando chegamos na garagem vimos uma cena chocante, um carro parado no fim da rampa com um portão desabado no capo, imediatemente fomos ajudar e descobrir o que tinha acontecido, a moradora e o marido relataram que o portão desabou em cima do carro, novo com 10 dias comprado, eu como já conheço o casal, são sempre eles que dão problema ao prédio, perguntei qual tinha sido o procedimento da motorista ao entrar na garagem, ela disse que fez como ensinaram, abrir os portões, entrar e fechar, mas ai que ta o erro dela e a confissão da falta de caráter, o portão de fora abre mais rápido que o de dentro, e consequentemente fecha mais rápido, quando ela entrou na rampa com o primeiro portão aberto ela acionou o controle remoto pra fechar, só que como o segundo é mais lento ainda estava subindo e com o comando de fechar ele desceu de novo, como a rampa é muito inclinada e ela não devia tá nervosa e assustada não conseguiu tirar o carro do lugar, por isso o portão fechou em cima do capo, a falta de caráter se apresenta agora, porque eles alegam que o portão desabou em cima do carro e querem que o condomínio pague o conserto.
Tenho testemunhas que ouviram pessoas gritando "para, não vai dar, volta", " da ré", isso inclusive meu marido ouviu enquanto desciamos com Mel.
Hoje eu chamei os técnicos, o que fez o portão e o que faz manutenção na parte de motores, ambos foram unânimes em confirmar que o portão fechou e não caiu, que não existe a menor possibilidade de ter ocorrido o que eles relatam, que uma pessoa poderia se pendurar no dito que ainda assim ele não cairia, que mesmo que o cabo de aço rompesse o eixo sem fim seguraria.
Eles estão crentes que comprei a lorota deles e que o condomínio vai pagar a conta deles, quero ver onde vou arrumar cara pra dizer que só não vamos pagar bem como eles que terão que ressarcir o condomínio do conserto do portão, eles vão voar em mim, me matar, pois eles são do tipo que eles podem tudo, mesmo que seja contra a nossa convenção, adoram apontar o dedo, mas quando não é bom para eles ai não pode nada.
Já antevenho muita incomodação, eles não vão querer pagar e ainda corro o risco de ver meu carro avariado na garagem, eles são desse tipo.
Cada vez mais eu prefiro os animais!
Resolvi o problema da conta, o site do banco detectou alguma coisa estranha num dos computadores que usamos pra movimentar a conta e automaticamente bloqueou, fizemos uma varredura e não tinha nada de vírus, deve ter sido algum programa que marido usa no notebook pra trabalho que deve ter sido detectado como suspeito.
Beijos e boa semana!

4 comentários:

Valentina disse...

Oi...

Gente esperta existe aos montes, podes acreditar... hehehe... mas se há testemunhas e a manutenção do portão estava correta não há o que reclamar. E se eles vierem para cim de ti, ameaça com a justiça... gente assim, infelizmente, só compreende fala grossa... hehehehe...

E um conselho: larga essa bomba de ser síndica logo... sei de gente que estava estressada no fim do período e quase surtou... rsrsrsrsrs...

Adorei a fonte para os peludos... aqui os meus quase morreram com o calorão que anda fazendo... temos que trocar a água umas 3 vezes por dia... ficam atirados no chão, de linguinha de fora... dá pena.

Beijo e obrigada pelo comentário lá no blog... apareça sempre!!!

Beijo

Arte dos Gatos disse...

Realmente concordo com vc, prefiro os animais!
Bj

Lucia Cintra disse...

Eu estou contigo e nao abro, tb prefiro mil vezes os animais! Nao entendo as pessoas. Fazem M e ainda nao conseguem assumir a responsabilidade ou consequencias de suas acoes. Ridiculo!

Olha, nunca entendi esse negocio de sindico. Nao acho que essas coisas deveriam ser responsabilidades de uma pessoa so pq mora no predio. Acho estranho...

bjos

Luciana Håland disse...

Também fico com os animais, se bem que também ando observando mau caratismo no mundo animal, devem estar aprendendo com os humanos.
Menina, esse cargo de síndico requer muita paciência, é desgastante demais. Minha mãe é síndica também.
Beijo e boa sorte com esse povo aí.