sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Final de ano


Estou indo amanhã para à praia, falando assim até parece que eu não moro na praia né, mas como toda minha família está vindo alugamos uma casa numa praia um pouco mais distante, assim fica melhor ainda mais com criança pequena que precisa ir cedo pra praia, volto dia 13/01/09.

Teddy tem 2 pretendentes para novos donos, o problema que ambos moram em casa, já tiveram gatos e de alguma forma foram embora, pro sítio ou outro lugar, não sei se isso é um bom indicativo, ainda mais que ele é tão maravilhoso, tá aqui agora deitado quase em cima do teclado, tenho que fazer malabarismo pra poder escrever, como deixar essa coisinha preta e magra ir pra uma casa? Cadê coragem?
Mas temos que tomar uma decisão logo, ele tá ficando grande e sabem como seres humanos tendem a serem preconceituosos com filhotes grandes, sejam humanos ou não humanos.
Bom vou lá arrumar minhas coisas, quando eu vier pra cidade e tiver um tempo dou sinal de vida.
Fiquem bem e que 2009 venha lindo, com muito amor e paz.

Beijos e feliz 2009.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Despedida



Hoje as filhotinhas foram embora.
O novo pai ficou fascinado quando as viu, quando chegou em casa me ligou falando que todos lá as amaram de primeira, que elas já estavam fazendo o reconhecimento do novo lar.
Vamos todos sentir muita falta, mas ser mãe temporária é isso, amar e deixar ir para que venham novas vidas desamparadas.
Desejo do fundo de meu coração que elas tenham uma vida linda, com muito amor, respeito e cuidado, que encham a nova casa de luz, alegria e companherismo.

Boa sorte para minhas pequenas!





terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Feliz Natal!




AO MEU AMIGO DESCONHECIDO
Era tarde...Mas chegando em casa,
lí os teus poemas distantes.
Oh! Meu Amigo Desconhecido!
Tu suspiras e vives
em algum lugar, longe de mim,talvez perto...do coração.
Dos traços de teu rosto,porém, não conheço a graça.
E dos dedos e fios que teceram a tua vida, nada saberei, enquanto não ouvir de ti.
Oh! Meu grande
Amigo Desconhecido...
Amo-te sem rosto, por ti, quero agora enriquecer-me com toda a minha força, para te enriquecer...
E me exercitarei continuamente para dar, evitando tomar.
Pois, quando apareceres, atraente a meus olhos, não quero arrebatar-te, como ladrão que vem, à noite.
Mas acolher-te como tesouro ofertado,porque o tesouro serás tu...
Meu querido e
DESCONHECIDO AMIGO !

LEINECY PEREIRA DORNELES


A todas minhas amigas virtuais e reias, desejo que o Natal seja lindo, cheio de amor, paz e muita tranquilidade no coração.
Obrigada pelo carinho que tiveram comigo, iniciante e titubiante no mundo blogueiro.
Tenham uma linda noite!

sábado, 20 de dezembro de 2008

Revelação!!!

Minha amiga secreta é mais que especial.


Ela tem muitas habilidades.
Ela escreve em mais de uma língua.
Ela às vezes pensa que tem a mesma profissão que a minha.
Às vezes acha que é uma artista, talvez global.
Ela interpreta sonhos de forma maravilhosa.

Mas na verdade o que ela realmente é uma GATA PATRICINHA!!!!
Cheia de aventuras lindas para compartilhar conosco num blog lindo e divertido.




Já descobriram?


É a Lili, a gata mais patricinha do mundo virtual!




E pra ela, que tem uma história de vida tão bonita vai o meu presente!




Ode ao gato



Os animais foram imperfeitos, compridos de rabo, tristes de cabeça.

Pouco a pouco se foram compondo, fazendo-se paisagem, adquirindo pintas, graça, vôo.
O gato, só o gato apareceu completo e orgulhoso: nasceu completamente terminado, anda sozinho e sabe o que quer.

O homem quer ser peixe e pássaro a serpente quisera ter asas, o cachorro é um leão desorientado, o engenheiro quer ser poeta, a mosca estuda para andorinha, o poeta trata de imitar a mosca, mas o gato quer ser só gato e todo gato é gato do bigode ao rabo, do pressentimento à ratazana viva, da noite até os seus olhos de ouro.

Não há unidade como ele, não tem a lua nem a flor tal contextura: é uma coisa só como o sol ou o topázio, e a elástica linha em seu contorno firme e sutil é como a linha da proa de uma nave. Os seus olhos amarelos deixaram uma só ranhura para jogara as moedas da noite.

Oh pequeno imperador sem orbe, conquistador sem pátria mínimo tigre de salão, nupcial sultão do céu das telhas eróticas, o vento do amor na imterpérie reclamas quando passas e pousas quatro pés delicados no solo, cheirando, desconfiando de todo o terrestre, porque tudo é imundo para o imaculado pé do gato.

Oh fera independente da casa, arrogante vestígio da noite, preguiçoso, ginástico e alheio, profundissimo gato, polícia secreta dos quartos, insignia de um desaparecido veludo, certamente não há enigma na tua maneira, talvez não sejas mistério, todo o mundo sabe de ti e pertence ao habitante menos misterioso, talvez todos acreditem, todos se acreditem donos, proprietários, tios de gatos, companheiros, colegas, díscipulos ou amigos do seu gato.

Eu não. Eu não subscrevo. Eu não conheço o gato. Tudo sei, a vida e seu arquipélago, o mar e a cidade incalcullável, a botânica, o gineceu com os seus extrávios, o pôr e o mesnos da matemática, os funis vulcânicos do mundo, a casaca irreal do crocodilo, a bondade ignorada do bombeiro, o atavismo azul do sacerdote, mas não posso decifrar um gato. Minha razão resvalou na sua indiferença, os seus olhos tem números de ouro.


Pablo Neruda



OBS: eu tinha preparado um apresentação linda, mas mina net morreu e tive que vir publicar em outro local.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Notícias e Amigo Secreto




Mel está bem, comendo bem, brincando, hoje fui vê-la, ficou tão feliz, mas acho que foi porque sentiu o cheiro dos gatos, ahahahaha.
Obrigada pela preocupação e carinho de todas vocês!

Bom, recebi um recadinho do meu amigo secreto, fiquei super feliz e emocionada, e curiosa, óbvio, louca que chegue amanhã logo.
Meu amigo secreto é alguém super talentoso, imaginação linda e uma história de vida incrível, de superação, ai ...ai... vou parar de falar caso contrário logo eu entrego, sou boca grande mesmo!

As filhotas estão lindas, já comem ração e usam a caixinha de areia direitinho, Teddy é terrível com elas, nossa, é muito safado, a gente se diverte muito com eles, quero ver na hora de ir embora semana que vem, o coração vai ficar mais que pequeno, mas sei que vão ser muito amadas.
Vou lá dar comida pras bebezinhas!
Beijos e durmam bem!


quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Atualizações do front


Mel saiu da clínica hoje, vai seguir tomando antibiótico por mais 4 dias, o eletro deu uma leve alteração que a médica disse que daqui há algum tempo podemos fazer um ecocardiograma, mas que no momento não é necessário, ela teve que ir de novo pra casa de minha amiga, os resultados do hemograma mostraram uma alteração significativa num dos componentes que a vet disse que pode indicar verminose ou alergia, ela realmente apresentou um vermelhidão na pele e acho que quando demos a última vez o vermífugo ela não tomou direito, aliado ao quadro de estres pelos filhotes que baixou a resistência, resultado muitos dinheiros a menos em nosso bolso, mas tudo pelas meninas.
Teddy o pretinho básico que tá aqui em casa é uma coisa, muito engraçado, corre, brinca, lindo, bate nas meninas, mas pra brincar, só que Trica é podre de metida, hoje levantou a pata e deu uns tabefes nele também, pode isso?
Acho que vaquinha pode estar com giardia, tá fazendo cocô muito mole com um pouco de sangue, amanhã vou falar com a vet.
Lya e Teddy passam o dia se encarando e fazendo fuzz um pro outro, mas tão sempre perto, nem ela resiste a buniteza dele, ehehe.
Gatta tá toda amiga das filhotinhas, lambe, puxa pra perto, mas quando elas tentam chegar perto da barriga pra procurar um peito ela foge, engraçado.

Obrigada pelos recadinhos com pensamentos positivos pra Mel, agradeço do fundo de meu coração.

Beijos e durmam bem!

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Mel


Mel está internada, minha amiga ligou no início da noite contando que Melzinha havia feito cocô mole e com sangue, logo em seguida ligou novamente pra dizer que estava pingando sangue do bum-bum dela, corri buscá-la e a levamos ao vet.

Estava com 39,7º C de febre, com tremores, os gânglios do pescoço um pouco inchados e levemente desidratada, lembram que falei que ela vomitou? E pra completar a vet auscutou o coração e notou que ela está com uma cardiopatia, há um tempo atrás o antigo vet já tinha dito que ela tinha alguma coisa no coração, mas como aqui tudo é meio complicado pra fazer exames acabamos sempre deixando, agora não tem escapatória.
Meu amor ficou lá na clínica pra tomar medicação pro controle de temperatura, controlar a infecção e fazer os exames, amanhã de manhã vou visitá-la e trago notícias, espero que ela fique logo boa, nossa princesa não merece passar por isso.
Estou com mais um gatinho aqui em casa, da mesma amiga que resgatou os filhotes comigo, esse é todo preto, lindo de viver e também está pra adoção, ela viajou e ficou receosa de deixar ele sozinho por 1 mês com os outros 4 que ela já tem, então o Zoo está completo.

Beijos e pensamento positivo pra minha amadinha.


PS: os comentários ficaram loucos, marcam o post anterior sem nenhum coments e tem 3!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Notícias

video
Mel teve que ir pra casa de minha amiga, tava muito estressada, não dormiu a noite, respiração ofegante o tempo todo e babando muito, se achando mãe mesmo, então pra evitar sofrimento maior levei ela hoje, só volta pra casa mesmo em janeiro, fica em minha amiga até o Natal e depois vai direto pra casa na praia que alugamos pra quando meus pais e minha irmã estiverem aqui, até ela voltar espero sinceramente que tenha esquecido.
Me doeu muito ver minha amadinha assim, isso inclusive está me fazendo pensar se ponho mesmo ela pra cruzar, será que vale a pena causar sofrimento pra minha princesa?
Gatta deu umas lambidas nas meninas hoje, acho que são as duas fêmeas mesmo, a vaquinha se fosse filha de Gatta não seria tão parecida.
Trica é muito mais safa que a outra, não para quieta nunca, hoje subiu no sofa, escalou mesmo, se agarrou na manta e foi parar lá em cima, vaquinha é tão mais fraquinha, fica parada, tenho medo que essa coisa de não querer comer se transforme num grande problema, temos que forçar ela a mamar, tadinha, é mais lenta, anda bem mais devagar, mia mais baixo, pobre da pequenininha, mas ela vai se sair bem dessa, com o amor que estamos dando vai dar tudo certo.
O gatinho do parque vai ter que ser resgatado com remédio mesmo, vai ter que dormir, de outra forma não tem como pegá-lo, então sábado minha tarde vai ser em função disso, não posso deixar o outro pequeno atirado a própria sorte, ainda mais que já tenho lar temporário pra ele.
Beijokas e tenham bom sonhos!

domingo, 7 de dezembro de 2008

A beleza da natureza

video

A natureza realemente é a coisa mais linda e perfeita dessa vida.

Mel tá doida com os gatinhos, lambe tanto eles que ficam molhadinhos. Trica é mais esperta, mais forte, mama toda a mamadeira de primeira e direitinho, o vaquinha tem que ficar na batalha, ele não quer, não sabe sugar direito, com ele é bem mais difícil, mas não desistimos, meu marido e eu fazemos que ele tome toda a mamadeira, nem que seja em etapas.

Já fizeram xixi e cocô, ao menos ele já fez cocô e xixi, ela eu só vi xixi, será que eles têm que fazer várias vezes ao dia ou absorvem tudo que ingerem e não desperdiçam nada? Eu faço a massagem várias vezes ao dia pra estimular.

Essa noite Mel pirou o cabeção com eles, acordei 6h da manhã com os miados deles e pensei nossa que alto, pois não tinha ouvido na noite anterior, qdo elvantei às 8h que susto, Mel tinha entrado no banheirinho rasgado a caixa e tirando eles de dentro ou eles sairam por conta, só que ela ficou trancada dentro do banheiro e no desespero pra sair tirou pedaços da porta, babou o pêlo todo, vomitou, nossa estres total, coitada da minha gordinha, os estintos maternos tão em alta, agora tenho uma dúvida, o que faço em relação a ela, deixo que ela fique dando uma de mãe ou levo ela pra minha amiga até que eles vão para o lar definitivo, tenho medo de isso fazer muito mal para ela, pro psicológico, ela vai sofrer quando eles forem, me dêem opinião sobre isso.

Beijos e boa semana!!

sábado, 6 de dezembro de 2008

Decepção com as pessoas

O ser humano tem o grande poder de nos decepcionar não é mesmo, ou então eu que sou muito besta e não aprendo nunca.
Tô muito chateada com uma amiga, tenho um sobrinho lindo diga-se de passagem, que mora nos USA, tem 14 meses e está vindo pra cá no final do mês, vão ficar apenas 12 dias, alugamos um vilage na praia e o vilage tem piscina, a cozinha tem uma porta que é a porta de acesso da casa, pra ir pra praia, pra piscina, pra entrar e sair, como meu sobrinho é muito precoce e metido, com piscina não se brinca, pedi pra essa minha amiga que tem um filho de 15 meses uma das duas cerquinhas que ela tem em casa, uma fica na porta da cozinha e a outra no acesso ao corredo para os quartos, no dia que pedi ela disse tudo bem, hoje comentei que antes deles viajarem pra ela não esquecer de me deixar a gradezinha, pois bem, ela disse que não vai poder emprestar porque vai usar, ai falei, mas são só 15 dias, na verdade 12, não pode?
- É porque se ficar fechando a porta fica ruim.
-Não tem problema, eu compro uma, eu falei.
Gente aquilo me doeu tanto, eu tô sempre disponível pra tudo pra ela, sempre ajudo em tudo que é possível, e não tava pedindo pra sempre, não precisa ela tirar a grade da cozinha, podia ser a do corredor, ela sabe que é uma coisa cara pra se comprar, que é pra segurança de meu sobrinho, que é por um tempo muito curto, eu tô com um misto de raiva e decepção sabe, eu nunca faço nada esperando algo em troca, mas isso me machucou de mais, o filho dela não vai ficar em risco por conta disso, mas como disse meu marido, por isso que ele não pede nada emprestado e como eu sempre penso também, mulheres ficam egoístas ao virarem mães.
Desculpe o desabafo, mas tô tão mal com isso.

Depois eu volto e falo dos bb´s.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Presente de Papai Noel




Olha o que papai noel trouxe hoje, filhotes!!!!!

Tenho uma amiga que trabalha no terminal de cargas do aeroporto e ontem ela me ligou falando que tinha 2 filhotes abandonados por lá, hoje eu e uma amiga fomos buscar, gente, são a coisa mais pequena e deliciosa do mundo.
Uma é branca trica, com pouca coisa de amarelo e preto como dá pra ver, o rabo é lindo, todo amarelo, o outro é vaquinha, nem conseguem caminhar direito.
Compramos leite e mamadeira, eu como boa mãe temporária amamento direitinho, estimulo a fazer xixi e cocô, dou colinho, ai que delícia.
Mel como era de se imaginar tá doida, ela AMA filhotes, fica só na volta, Lya nem tchum, como sempre, agora Gatta...Gatta quando sentiu o cheiro deles em nós, virou fera, foi fuzzzz pra todo lado e sobrou até uns tapões, ahahaha, mas agora já tá mais calma, já dá umas cheiradas, entra no banheiro onde eles tão, marido caiu de encantos quando viu eles mamando, também quem não cairia de amor por duas minúsculas bolinhas de pêlo?
Amanhá nós duas vamos ainda tentar resgatar um outro filhote que tem aqui no parque perto de casa, vaquinha também, quando nasceu um humano tocou nele e a mãe o rejeitou, mas esse é maior uns 2 meses, arisco que só, vai ser difícil pegá-lo, mas ele tem que sair do parque, temos um lar temporário pra ele ou ela, não sei ainda, depois eu conto se deu certo esse resgate.
As fotos dos bebês não ficaram boas porque eles não param queitos, assim que tirar umas decentes eu posto aqui.
Beijos e vou lá cuidar de meus bebezinhos!!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Esperança

Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenas
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E— ó delicioso vôo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança...
E em torno dela indagará o povo:
— Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA...
Mario Quintana
.
.
.
Desejo a todos que o último mês do ano seja calmo, que nossas esperanças se renovem no ano novo que está tão pertinho, que todas continuem batalhando para trazer ao mundo um pouco mais de amor, respeito e solidariedade.
Boas festas e feliz 2009!