segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Eu dormi e perdi o grande salto da humanidade

Esse título enorme resume bem o que tenho precensiado de uns tempos pra cá, acho que tô ficando velha sabe, porque ando tendo uns pensamentos meio estranhos sobre a vida.
Começando, dias trás eu tava vendo a novela das indias e ai a mãe daquela bestinha que se jogou de mala e cuia pra uma cultura totalmente diferente e nunca foi capaz de fazer um google pra ver como era por lá, tava pedindo desculpas por ter invadido a privacidade da filha ao ir falar com o namorado muitos anos mais velhos e totalmente cafa da bestinha, gente eu pensei, mas o mínimo que uma mãe deve fazer é isso, se a filha tá se metendo numa roubada ela não tem que se meter? ai eu já comecei a perceber que eu tinha envelhecido, pois jamais nos meus 15 ou qualquer coisa mais que isso eu iria admitir isso, mas hoje eu penso, mãe nos salva de roubadas mesmo, tem que defender a cria, ainda mais se a cria for besta como aquela bestinha.
Depois vendo acho que malhação, olha como sou pessoa culta :), o pai mandava o filho tirar o prato da mesa e nenhum filho queria fazer, inclusive apoiados pela mãe, porque hora vejam só, eles têm empregada, então se eles fizessem isso as mãos iam cair né? Na casa de minha mãe sempre tiramos a mesa, arrumamos nosso quarto, lavamos louça, varremos a casa e tiramos o pó, estamos todas as duas inteiras e minha irmã ainda evoluiu mais que eu, ela aprendeu a cozinhar e adora e eu odeio.
Ai pra completar o círculo da decripidade, essa palavra será que existe?, ontem na record mostrou umas crianças de 4, 6, 9, 13 fazendo drenagem linfática, indo toda semana ao salão fazer escova, pintar unha, indo pra spa, indo à designer de sobrancelha, a menina de 6 anos, quero crer que era a de 6 pintando a unha de vermelho, outra mãe dizendo que gasta R$ 1.500,00 por mês com a filha de 13 em cuidados estéticos, eu me perguntei se algum dia ela comprou um livro pra filha, se levou ela a um teatro, museu, mas óbvio que não, pois isso seria preparar uma mulher pra pensar por ela própria, ser culta, inteligente e de conteúdo, mas e quem lá tá preocupado com conteúdo nesse mundo de hoje?
Gente eu fiquei chocada a menina de 9 anos querendo emagercer 1 kg tava lá no spa correndo e brincando, será que não podia simplesmente brincar num parque?
A outra não brincava pois ia estragar a maquiagem.
Ai que eu me pergunto, eu dormi foi? eu dormi e perdi esse grande salto na evolução humana? Eu tô velha mesmo e meus valores ficaram mais decrépitos que eu?
Eu jamais poderia ser mãe de uma menina nessa evolução toda e olha que eu me considero uma pessoa sem preconceitos, que me esforço pra não julgar e pra ver que o que é bom pra mim não é bom pro outro, mas essa tá demais, foi demais pra mim, para uma senhora de quase 38 anos, eu fiquei pra trás, perdi o bonde da evolução.
Preciso me reciclar urgente.
Beijos e fiquem bem!
PS: eu não olho malhação, mas meu marido ligou a tv e tava passando justo essa cena, não pensem mal de mim não, por favor!!!

7 comentários:

Maira disse...

Amiga, também to chocada com tudo isso... o que será que acontece com a humanidade?!?!?!?!!?

Theófila disse...

É...
As coisas estão perdidas...

Por aqui onde moro, as meninas não se preocupam muito com a aparência porque não tem tempo pra isso, estão cuidando dos filhinhos..

É.. eu acho que também dormi. Tenho 28 anos e não tenho nenhum filho biológico.

Toquinha do Artesanato disse...

Pois é, quando paro pra olhar como o mundo está hoje, como estão crescendo as crianças, dá até medo. Não tenho filhos e não quero tê-los, o mundo de hoje não está mais para isso. Acho o cúmulo essas coisas que vc colocou, como meninas se maquiando, querendo parecer mais velhas, que bobas, em vez de aproveitarem a melhor época da vida, ficam se bobeando! Eu com 15 anos ainda brincava atrás de casa, tinha um quadro velho e brincava de dar aulas, pro vento né, porque não tinha ninguém, mas eu aprendia tanto que quando chegava na escola, sabia toda matéria, de tanto brincar. Mas hoje está diferente, as meninas estão cada vez mais precoces e a infância está perdida. Vejo adolescentes terem vergonha dos pais, eu nunca pensei isso, nem me passou pela cabeça, mas hoje tudo está diferente! Tenho pena de quem está nascendo hoje. A geração de agora se acha mais inteligente, melhor do que a nossa, ledo engano, talvez sejam um pouco mais tecnológicos, mas não sabem nada da vida e o dia que acordarem, não vão mais ter ninguém dessa época pra ensinar tudo que deveriam ter aprendido enquanto estavam pintando as unhas, fazendo escova e etc.
Muito legal sua postagem, foram palavras que estavam na minha garganta!
Bj
Simone

Elaine dos Santos disse...

Quando me deparo com estas realidades, me constranjo. A inversão de valores é total e o que é mais grave, os pais, as escolas apóiam, perdeu-se a moral, o respeito e tantas outras coisas. Sabes que desisti do magistério por isso...porque os alunos "mandam" e a maioria dos professores é conivente com a bagunça, com a falta de respeito...estamos indo rumo ao buraco, algumas gerações, definitivamente, já foram perdidas...lamento! Só pra constar, estou com 45, não me sinto fora de sintonia, sinto-me séria, responsável, lucida...e, pasma, não dormimos!

Claudia disse...

Felina,
Tenho uma filha de 13 anos e posso te dizer que é muito difícil criar um filho nos dias de hoje.
Acredito que o importante é vc mostrar coerência no que vc pretende passar e não falar uma coisa e fazer outra.
Tenho como resultado disso, ela ser amorosa, boa filha e responsável nos estudos. Peço a Deus que seja sempre assim e que ela possa continuar sendo um adulto feliz.
Muito legal vc ter abordado esse tema.
bjs

Depois tem a 2ªparte da história!
bj

Luciana disse...

Menina e não é que vc tem muita razão!!!
Às vezes eu tbm acho que tô fora do "aquario"... acho que dormimos juntas(tô com 36), é um salto de uma geração pra outra... vejo isso em família, meu irmão do meio,hoje com 28 anos "filhinho da mamae" tadinho, acho que não sabe sequer lavar a cueca quanto mais fritar um ovo...
E nos meus 14 anos, ai Jisuuuusss se eu não deixasse a casa um brinco... chão encerado e banheiro cheiroso... sem falar na gurizada hoje que tem argumento pra tudo - ando me vendo maluca pra segurar as rédeas aqui em casa, e o Gugu só tem 10 anos... não sei mesmo o que será o mundo... Lembrei de uma frase : "Estamos tentando deixar um planeta melhor pra nossos filhos, quando deveríamos tentar deixar filhos melhores para o nosso planeta." ;0)
e vamos indo, né...
Bjksssssssssss

Luciana Håland disse...

Ih, vez ou outra deixo Malhacão rolando aqui no computador, mas não gosto mais. Até não muito tempo atrás, eu já passada dos 30, via Malhacão diariamente, era meu momento do lanche, mas aí foi ficando chato, os adolescentes cada vez mais bobos, cansei.
Fico bege e amarela com essas criancas peruinhas, outro dia vi num programa um desfile para misses infantis, achei demais aquelas menininhas tão estressadas com coisas desse tipo tão cedo na vida, tadinhas. Agora a da massagem e spa para perder um kilo, parece ainda pior.

Beijo