quinta-feira, 5 de novembro de 2009

O maior susto


Estou tremendo feito vara verde, coração saindo pela boca.

Cheguei a pouco da aula e todos meus pequenos estavam me esperando na porta, hora de comer, entrei, fechei a porta como sempre faço, larguei minhas coisas e fui dar comida pra eles, estranhei que Lya não apareceu e Teddy obviamente comeu a comida dela, comecei a procurar dentro de casa, olhei duas vezes, chamei e nada, já começou a bater o desespero, subi as escadas correndo, nada no andar de cima, voltei e olhei de novo dentro de casa, nada, desci, encontrei ela na escada do quarto andar, toda encolhida, graças aos céus que ela assustada correu pro lobby dos apartamentos e não pra escada, senão eu não pegava ela, a bichinha tava com tanto medo que se deixou pegar no colo sem reclamar, ficou quietinha até chegar dentro de casa, coração a milhão também, como que ela escapou tão rápido, eu entro de costas pra porta, pra ver todo mundo, como ela saiu sem eu ver, ela nunca fez isso, nunca demonstrou interesse em sair, e agora, como vou ficar segura em relação as outras pessoas? Tõ em choque ainda. Espero que ela pelo menos tenha aprendido a lição.

Ando na correria de castrações, a prefeitura daqui tem castrações gratuitas, 3 animais por casa e eu e uma amiga estamos ai na batalha, mas cada vez aparece mais, o coisa triste esse abandono, mas vamos fazendo nossa parte.

De resto nada de novo, o calor insuportável que assola o país, estudando pra mais um concurso e resolvendo se vamos ou não pro Sul no final do ano, como podem ver, a vida monótona de sempre.

Espero que esteja tudo bem com vocês, mesmo não aparecendo por aqui eu sempre visito vocês.

Beijos e fiquem bem!

7 comentários:

Luciana Håland disse...

Que bom que você encontrou a gatinha e acho que com o susto ela vai ficar um bom tempo sem querer se aventurar.
Beijo

Arte dos Gatos disse...

Nossa,sei como é isso! Ontem também me assustei quando não vi a Bebel, mas o marido deixou ela trancada no banheiro e ela ficou umas 3 horas lá, como não escuto direito não ouvi ela miar, coitadinha, mas me assustei de acordar e não vê-la! Esses bichinhos são tudo né?
Beijo

Carol Liôa disse...

Oie!!! Tem selinho novo “esse blog apaixona” passa lá para buscar o seu! bjs

Gisa disse...

Que susto guria! Gatinhos, quando querem, são sorrateiros e capazes de cegar qualquer um. Espero que ela tenha aprendido a lição e não apronte outras dessas. Boa sorte com as castrações. Beijos

Claudia disse...

Que susto, heim!?
E que bom que tudo está bem.

Parece que o calor agora, deu uma trégua. Aqui no Rio passou dos 40º!
bjs e uma ótima semana

Blog do Beagle disse...

Menina, senti sua aflição. LOgo que recebi a Thelma Louise e ainda não conhecia os hábitos dos gatos, eu a "perdi", numa noite. Fiquei em pânico! O que poderia ter acontecido apra a minha lindinha? Ela estava dentro do meu roupeiro, muito bem acomodada sobre os cobertores. Olhou-me com ar de espanto kakakakak esses bichos! Bjkª. Elza

Claudia disse...

Felina,
obrigada pela visita!
O Spike já está bem melhor, o problema é que ele tem hérnia de disco, então as vezes tem crises de dor.
A medicação termina amanhã e ele já está bem mais animadinho.
bjs