terça-feira, 16 de junho de 2009

Eu tenho uma onça em casa


Dando continuação ao post da viagem, Mel foi pra casa de "campo" dela, uma amiga que mora em condomínio de casas e com um filho de 5 anos que ama Mel, então imaginem a bagunça que minha linda faz por lá, tanto que quando volta pra casa fica alguns dias de mal com nós, tristeza isso pra uma mãe.

Agora história mesmo foi dos felinos, are baba!!!

A empregada da vizinha ficou de vir aqui 2x ao dia pra dar comida, limpar a areia e dar os remédios do fungo pra eles, pois bem, ela veio direitinho, na sexta-feira eu liguei pra ver como tudo estava indo, ai que se deu a bagaceira como o povo fala, pra Lya e Teddy tudo OK, sem problemas, mas Gatta...Gatta bateu nela!! Vocês conseguem imaginar isso? Ela apanhou de Gatta, ahahaha, gente fiquei pra morrer, como que minha gata toda manhosa, mansa, dócil fez isso? Mas fez, então tive que pedir pra outra amiga que também tem gatos vir dar o remédio, bom pra resumir, no domingo ela trouxe o marido pra ajudar, porque Gatta MORDEU o dedo dela que inchou, a gorda longe de nós se transforma, é doida mesmo. Eu contei para vocês o dia que ela tentou bater na vet também porque ela apenas limpou os ouvidos dela? É ela é uma onça.

Lya quando voltamos estava destruida, cheia de feridas, acho que ficou estressada de ficar só, com gente estranha, demos uma injeção de corticóide pra parar a coceira e antibiótico pras feridas e hoje ela já tá ótima.

Semana passada viajamos de novo, fomos para um casamento lindo e maravilhoso em Recife, a menina veio de novo dar os remédios e tudo mais, mas óbvio que dessa vez ninguém veio dar o remédio pra Juma e ontem de manhã ela veio aqui pra gente acertar tudo, a cara de Gatta olhando pra ela era impagável, parada nem piscava, achei que ia pular na menina, ahaha, uma fera selvagem total.

Espero que pelo menos ela não fique mais doente quando eu viajar, porque ninguém vai querer cuidar dela.

Tô perdida!


Beijos e boa semana!


PS: Meu ap. tem tela em todas as janelas e na sacada, não sei como Lya pegou o passarinho, e o que ele tava dando mole aqui dentro hein? Ainda tô traumatizada.

9 comentários:

Claudinha disse...

Menina... tb tenho uma Juma...kkkkk
A Teca parece bicho do mato...

Vai saber o que a Lya teve que fazer para chamar o passarinho dentro do apto...hehehehe

Beijosssssssssss

Luciana Håland disse...

Nossa, essa do passarinho arrepiei, tadinho, mas é a lei da natureza.
Adoro gatos, mas não tenho. Dia desses tinha um filhote por aqui em frente de casa, fiquei de olho pra ver se ele tinha sido abandonado, assim eu adotaria, mas acho que era do vizinho, porque ele ficou na área envolta da casa do vizinho e depois brincando com ele. Penso em ter um mas me preocupo exatamente com as viagens, näo tenho a quem pedir pra vir cuidar nesse período.
Beijo

Gisa disse...

Eu também tenho uma Juma, a Fofinha, que detesta qualquer tipo de medicação. Mesmo nós da família precisamos usar vários EPIs (equipamentos de proteção individual) quando precisamos medicá-la e, mesmo assim, sobram arranhões e mordidas. Bjs

Andrea Sassaki disse...

Gentem! Que Gatta mais gata! Um beijo!

Blog do Beagle disse...

Gennnnnnnnnnnnnnte, gata brava!!! Thelma Louise é tão doce e meiga... Vamos em frente, né? Bjkªs. Elza

Lyra Líbero disse...

hehehe acho que toda gateira acaba tendo uma onça em casa né? eu só tenho a Pan, e ela é uma oncinha. Só gosta de carinho quando tá dengosa. Se ela não tiver afim, mete o dente na gente (não mto forte, mais pra assustar) e no veterinário é um terror hihihi... jaguatirica... mas a gente ama, né?
beijocas!

Angelique disse...

Putz...isto me lembra da Nina quando pequena, era uma caçadora e tanto...mas não chegou a pegar passarinhos não, mas vivia me presenteando pela manhã com besouros enormes, vivos na boca, lagartixas...brrrrr...geladas mesmo vivas...rs que largava na cama, do meu ladinho e outros presentinhos caracteristicos...rs... Hj como uma velha senhora...só olha e nem pisca...rs... Tem selinho pra vc no blog. passa lá. Beijinhos

Marina disse...

esses bichinhos só aprontam né.. eles acham umas coisas de onde agente ñ imagina né.. de onde será q veio esse passarinho? rsrs


ah, eu tou imaginado quando tiver q viajar, vou deixar a Pitty com a minha avó... :-)


ah, vc ganhou 2 selos, passa no meu blog e pega!!!

Felina disse...

É meninas, acho que esquecemos os instintos de nossos bebês e quando nos deparamos com a natureza na sua forma mais cruel nos assustamos, pensando como que aquele serzinho tão dócil foi capaz disso, mas instinto é tudo nessa vida, nós que esquecemos os nossos.
Beijos em todas!