terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Transferência, parte final

Segunda fui cedo pro Bradesco para pagar o licenciamento, como deve ser ai na cidade de vocês Bradesco é visão do inferno, mas domingo de tarde passeando com Mel encontrei uma conhecida que há muito tempo não via e conversa vai conversa vem, acabamos falando de minha epopéia e ela me disse que aqui perto de casa tinha um Bradesco bem tranquiolo, me fui pro dito, realmente vazio, na hora da abertura, paguei e voltei pro Detran, entrega comprovante e senta esperar, passados váááários minutos o menino me chama e entrega meu documento novinho e no meu nome, saio dali e vejo que consta como exercício 2009 e não 2010 no ano do licenciamento, fui no trabalho de marido pra ver se era isso mesmo ou tava errado, ele disse que devia aparecer 2010 o chefe dele explicou que talvez como ainda estivesse valendo o de 2009 eles devem mandar em casa o desse ano, quando cheguei em casa liguei pro portal da desinformação e realmente é isso, tive que fazer de várias formas a pergunta pra moça entender o que eu queria saber pra ela entender e me explicar que dentro de 10 dias devo receber em casa o documento desse ano, logicamente que ninguém explicou isso também, tem que sair a caça de informação, nossa que cansaço, burocracia burra cansa muito a gente. Agora só esperar a entrega, espero que enviem mesmo.

Esperar também o carnê do IPTU, esse é outro que nem quero ver, aqui teve um aumento de 10% a 20% nos valores, como em toda cidade aumentam mas não repassam, Salvador tem asfalto solúvel em água, mas como disse o engenheiro da prefeitura asfalto e água não combinam, mas deve ser só aqui na província, porque no resto do mundo essa mistura funciona super bem, cara de pau de um homem desses dizer uma asneira, nem parece que fez faculdade, bem eu quero crer que tenha feito.

Domingo a filha de uma prima minha morreu em um acidente de carro, 19 anos, o motorista não venceu a curva e capotaram várias vezes, será que algum dias as pessoas vão tomar consciência sobre esse risco desnecessário que correm? Fiquei muito triste por minha prima, crescemos juntas, brincamos muito, muito triste ela passar por uma tragédia assim; o mundo tá mesmo de cabeça pra baixo.

Beijo e fiquem bem, se cuidem.

5 comentários:

Lucia Cintra disse...

Que trabalheira! Voces nao podem fazer essas coisas pelo telefone/correio/internet, ne? Lembro que quando tive que lidar com a burocracia brasileira pra renovar meu passaporte brasileiro, quase que tive um treco.

Se nao fosse pelo meu pai insistir de eu fazer isso, teria mandado tudo a M e ficaria somente com o meu passaporte americano pra viajar. E foi so quando tb eu registrei meu casamento no consulado brasileiro (ja estavamos casados ha 5 anos e eu nao estava nem ai em fazer isso).

Da mt dor de cabeca, nao tenho paciencia com essas coisas. bjos

Bella disse...

Menina, que epopéia, hein? e isso é porque você queria pagar tudo direitinho... imagina se fosse para receber alguma coisa que eles cobraram errado? Burocracia + má vontade de servidor + pouco tempo = amolação na certa! Ainda bem que finalmente parece ter resolvido!

Lyra "Daiane" Líbero disse...

Que trabalheira mesmo, hein? odeio toda essa burocracia burra que existe no Brasil, essa incompetência na prestação de serviços. Fora isso, passei pra dizer que estava com saudades do seu cantinho e que estou de volta com o blog! Beijocas ^^

Gisa disse...

Ainda bem que terminou tua via crucis; parece até brincadeira o que nos fazem passar! Triste a perda da tua prima; tenho dois filhos e acho que enlouqueceria. Beijos e desejos de que tudo melhore

Marcia Søvik disse...

Como eu não sabia seu e.mail resolvi escrever no comentário. Um porteiro perto da casa da minha mãe deu veneno pra minha gatinha e a matou. Estou tão desesperada, pois mesmo sabendo quem foi não conheço nenhuma lei que possa penalizar esse desgraçado!!!E infelizmente não posso quebrar a cara dele porque estou morando em Oslo. Você conhece algum alguma ONG ou alguma coisa que eu possa fazer uma denúncia. Estou ARRASADA!!!!